Eu Errei: Ralf Toenjes e Pedro Ivo, da VerBem

Ralf e Pedro criaram o VerBem para democratizar o acesso a óculos no Brasil. Mas querer abraçar o mundo foi o seu erro, e precisaram de ajuda para ter foco.

0
535

“A gente achou que era super-herói e que conseguiríamos resolver todos os problemas da humanidade.” Esse ímpeto eufórico de Ralf Toenjes de salvar o mundo é comum entre tantos outros empreendedores sociais que conhecemos. É o mesmo afã que ele divide, aliás, com seu sócio na VerBem, Pedro Ivo Garcia. Os dois se juntaram pelo anseio de atender os 45 milhões de brasileiros que precisam de óculos de grau e mal sabem disso. Só que, ao mesmo tempo, queriam levar desenvolvimento econômico, educação e cultura a populações vulneráveis por meio da produção dos óculos. Foi preciso escolher. “Foi só quando a gente conseguiu focar que nosso negócio realmente começou a andar”, recorda-se Pedro.

Leia a reportagem completa no Eu Errei!

Deixe um comentário

Digite seu comentário
Digite seu nome